DESTAQUESEDUCAÇÃO

IEED – INSTITUTO DE EDUCAÇÃO EUCLIDES DANTAS

O Instituto de Educação Euclides Dantas (IEED), tradicionalmente conhecido como Escola Normal, está comemorando 65 anos de prestação de serviço na educação à comunidade conquistense.

No governo Otávio Mangabeira (entre abril de 1947 e janeiro de 1951) houve um movimento de educadores, políticos e população reivindicando a instalação de uma Escola Normal nesta cidade, a exemplo de outros municípios, já dotados de Escolas de Formação de Professores.

Autorizada a obra, no Governo do Marechal Eurico Gaspar Dutra, sendo na época, o Ministro da Educação o eminente baiano Dr. Clemente Mariani que liberou a quantia de R$ 12.000.000,00 (valor monetário da época) para a construção do prédio e o Governo do Estado da Bahia, nas mãos do Dr. Régis Pacheco, despendeu R$ 2.400.000,00, tendo o Município concorrido com a despesa de aquisição do terreno.

A escola teve sua primeira etapa concluída no Governo Getúlio Vargas, sendo Ministro da Educação o Dr. Ernesto Simões Filho, que ofereceu o mobiliário necessário ao funcionamento da instituição.

A inauguração da escola representou para a cidade um dos seus acontecimentos mais importantes, conforme registra “O Combate” – jornal independente e noticioso de propriedade de Laudionor Brasil, ilustre poeta filho de nossa terra. Foi no dia 20 de março de 1952, a inauguração da tão sonhada Escola Normal, na antiga rua da Moranga, ato presidido pelo governador Dr. Régis Pacheco, estando presentes secretários de Estado, Prefeito Gerson Sales, intelectuais, políticos e comunidade local.

Nessa época, ainda não estava terminado todo o conjunto, sendo concluído pelo Engenheiro José Pedral, ainda no Governo do Dr. Régis Pacheco. Oito meses depois, por ato governamental n°.15.194 de 20 de dezembro de 1952, foi mudado o nome de Escola Normal, para “Instituto de Educação Euclides Dantas”, em justa homenagem ao ilustre educador, que tanto benefício prestou a esta terra, principalmente no setor educacional.

Professor leigo, com vocação nata para o magistério, Euclides Dantas instruiu e educou 3 gerações de conquistenses. Possuidor de inteligência rara, foi jornalista e escritor, tornando-se grande incentivador da cultura e da arte.

Ao escrever para Euclides Dantas um prefácio, o poeta Clóvis Lima afirmou:

“As gerações vindouras da nossa terra não deixarão de cultuar- lhe a memória porque o IEED há de saber honrar o nome do seu PATRONO, grande educador”.

Neste 65° aniversário a nossa homenagem a este bravo educador que além de lutar para a fundação do IEED nos presenteou com a letra do Hino Oficial de Conquista, demonstrando patriotismo à terra que tanto amou.

A Escola Normal iniciou com o curso ginasial, mas dada a vocação da própria Instituição de formar professores, foi criado o Curso Pedagógico Rural (duração do curso, dois anos). Mais tarde foi criado o Curso Colegial- Científico e Clássico, e, em 1964, foi criado o Curso Técnico de Contabilidade, e, mais tarde, em 1982, implantou cursos novos, inclusive o “Curso de Estudos Adicionais – em Pré-Escolar e Educação Artística”, sendo inaugurada em 14 de abril de 1982 a “Escola de Aplicação Maria do Carmo Vieira de Melo” que atendia crianças a partir da faixa etária de 5 anos, se constituindo um verdadeiro Laboratório para o Curso de Magistério.

Com uma área de 20 mil metros quadrados, sendo 7 mil metros de área construída, um dia foi bem maior, sendo reduzida por causa do desmembramento do espaço que atende às Escolas Abdias Menezes e Dirlene Mendonça (já desativada) e o espaço do INSS. Pela escola passaram alunos que atualmente exercem cargos e atividades importantes na região, como políticos, advogados, jornalistas e médicos.

Atualmente, com mais de 500 alunos distribuídos nos turnos matutino e vespertino, a instituição oferece os cursos de Ensino Médio e Ensino Médio em Tempo Integral (PROEI), com excelência de qualidade, contando com professores competentes que dedicam sua vida profissional construindo uma comunidade educativa de jovens sob o signo da diversidade, preparando-os para o mundo do trabalho e para o exercício da liderança e da cidadania. Para isso, desenvolvem diversos projetos como: Gincanas; Projetos Estruturantes em parceria com a Secretaria de Educação; Projetos Multidisciplinares; Projetos em parceria com a Câmara Municipal (Câmara Itinerante), SESC e SENAC; Aulas práticas Integradas; Consultório Odontológico; Quadrilha e Fanfarra (FANIEED) ganhadoras de diversos prêmios.

[/fsn_text][/fsn_column][/fsn_row]

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close