EDUCAÇÃOVitória da Conquista

Prefeitura de Conquista não paga adicional de pós-graduação das Monitoras Escolares, mas mantém dos cargos comissionados

Desde dezembro de 2018, a prefeitura retirou o benefício de pós-graduação da monitoras, afetando diretamente a renda de cerca de 400 famílias 

O Art. 32 da Lei Municipal Nº 1.760 garante que, como incentivo ao aprimoramento da formação profissional, deve ser concedido ao servidor, após 3 anos de efetivo exercício no cargo e ao ocupante em comissão, que após concluir a pós-graduação, um acrescimento de 10% no salário. Porém, a prefeitura de Conquista não vem cumprido o previsto na lei e há quase um ano não faz o pagamento do adicional de pós-graduação para as Monitoras Escolares,cargo ocupado mediante concurso público.

Em defesa da garantia dos direitos das Monitoras, o Sindicato Municipal do Magistério Público (SIMMP) se reuniu com o Secretário de Administração, Kairan Figueredo, e exigiu providências. Em áudio registrado durante a reunião, Kairan confirma que o pagamento do adicional foi retirado apenas das Monitoras e que os cargos comissionados estão recebendo.

Após esta confirmação, o SIMMP lançou uma campanha nas redes sociais e outdoors pela cidade exigindo a garantia do direitos de todos e que o prefeito cumpra a lei e devolva a pós-graduação das Monitoras. Na imagem aparece o símbolo da justiça, porém com a balança em favorecimento dos cargos comissionados.

O Sindicato encampa também a campanha para o plano de carreira das Monitoras. Está previsto para o próximo sábado (14), uma reunião com a categoria para debater e planejar ações para ambas as pautas.

Fonte: blitzconquista

CONCORRA A UMA BOLSA DE ESTUDOS DE 100% POR 1 ANO NO PRESENCIAL OU EAD DA MULTIVIX, A MELHOR FACULDADE DO ESPIRITO SANTO ESTÁ AGORA EM VITÓRIA DA CONQUISTA.
CLIQUE AQUI PARA CONCORRER

NÃO SE ESQUEÇA DE COMPARTILHAR ↪

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar