Vitória da Conquista

Nível da barragem de Água Fria 2 baixa rapidamente, chega a 71%, e Embasa aciona adutoras complementares

A barragem de Água Fria 2, que abastece Vitória da Conquista e Belo Campo, está dois metros abaixo do seu nível máximo e continua descendo, já que a ocorrência de chuvas está aquém do esperado. Este ano a precipitação pluviométrica acumulada na bacia hidrográfica das barragens de Água Fria I e II foi de 92 milímetros.

O sistema de armazenamento da água que abastece a população de Vitória da Conquista é composto de duas barragens, sendo que Água Fria I, que é bem pequena, com capacidade de 175 mil m³, é considerada a reserva e só entra em ação emergencialmente, quando precisa repassar água para a principal, cuja capacidade é de 6.400.000 m³ (6,4 bilhões de litros). Água Fria I mantém o nível de 100%, mas Água Fria II está com 71%.

Como choveu pouco este ano e as altas temperaturas aumentam a evaporação e o uso de água pelos consumidores, a Embasa já colocou em operação os sistemas adutores de Catolé e Gaviãozinho, para reforçar a oferta de água.

SEM RACIONAMENTO

Nos últimos 52 dias o nível de armazenamento de Água Fria II desceu mais de 18%, considerando os dados disponíveis desde o dia 25 de janeiro, quando o reservatório estava com 89% do total da sua capacidade. Boletim do dia 12 de fevereiro registrou 80% e em nota  a Embasa informa que o índice desceu para 71% nesta data.

Se não chover o suficiente e a redução do volume de água armazenada for sendo reduzido nessa média (2,5% por semana), somente em junho a situação estaria equivalente a maio de 2016, início do racionamento mais longo da história de Vitória da Conquista, quando a barragem de Água Fria II chegou a 39% de sua capacidade.

Mas, a Embasa tranquiliza a população e diz que não há previsão de racionamento. Isto porque o volume de água nos dois reservatórios assegura o abastecimento de Vitória da Conquista e Belo Campo por alguns meses e há previsão de que a chuva recomece nesta terça-feira (18) e se repita todos os dias até o meio da semana que vem.

 

 

Fonte: Blog  do Sena.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *