DESTAQUEPolítica

Cidade Verde confirma demissão em massa por descontinuidade das linhas do Lote 1

A Cidade Verde confirmou ao BConquista que fará demissão em massa de rodoviários até o final do mês. Mais de 300 funcionários devem perder o emprego. A empresa informou que a motivação das demissões é a descontinuidade das linhas do Lote 1, abandonadas pela Viação Vitória e absorvidas pela Cidade Verde em caráter emergencial.

A ineficiência no combate ao transporte clandestino inviabilizou economicamente a atuação do transporte regulamentado, principalmente no Lote emergencial, argumenta a Cidade Verde. De acordo com relatório oficial da Prefeitura feito há mais de um ano, mais de 400 vans realizam transporte irregular na cidade. Hoje esse número passa dos 600 veículos clandestinos.

Em 3 de abril, a Cidade Verde enviou ao prefeito e a Secretaria de Mobilidade um ofício informando que iria deixar de operar o Lote 1 em 31 de maio. Antes disso, a Cidade Verde entregaria cinco linhas, que hoje são atendidas por ônibus da Novo Horizonte, pelo valor mensal de R$ 810 mil.

O prefeito teria dito para outros meios de comunicação que há várias empresas que desejam operar no lote emergencial. Porém, pela complexidade da transição não basta ter empresas interessadas em vir para Conquista. É necessário correr contra o tempo e evitar que o caos no transporte não venha parar toda a cidade, como ocorreu em 2018.

Fonte:  Blitz Conquista

CONCORRA A UMA BOLSA DE ESTUDOS DE 100% POR 1 ANO NO PRESENCIAL OU EAD DA MULTIVIX, A MELHOR FACULDADE DO ESPIRITO SANTO ESTÁ AGORA EM VITÓRIA DA CONQUISTA.
CLIQUE AQUI PARA CONCORRER

NÃO SE ESQUEÇA DE COMPARTILHAR ↪

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar