SAÚDE

Fundação de Saúde promove atividades para comemorar Mês das Crianças

Ações envolveram pacientes internados na ala pediátrica e filhos dos funcionários

Já é tradição da Fundação Pública de Saúde de Vitória da Conquista comemorar as datas especiais, e com o Dia das Crianças, celebrado no último dia 12, não seria diferente. Na tarde desta sexta-feira (19), a Fundação reuniu, no estacionamento, funcionários e seus filhos, sobrinhos e netos para comemorar a data.

Para deixar o ambiente ainda mais alegre, algodão doce, cachorro quente, brinquedos infláveis, pescaria, pula-pula, balões coloridos chamando a atenção dos pequeninos e de quem passava em frente ao local.

“É interessante demais uma ação como esta aqui, que contou com a colaboração de todos para nós conseguirmos montar uma estrutura como essa, para que os funcionários pudessem trazer os filhos e curtir também. Nesta tarde, todo mundo está voltando a ser criança”, avaliou o diretor geral da Fundação de Saúde, Felipe Bittencourt.

A comemoração proporcionou um momento de muitas brincadeiras e divertimento. A satisfação e alegria estavam estampadas nos rostos das crianças e de seus pais, tios ou avós, como é o caso de Ivana Maria, que trabalha no Esaú Matos há 16 anos, e foi acompanhada da neta Maria Lua, 3.

“Eu achei essa iniciativa maravilhosa para as nossas crianças. Fiquei muito feliz de ver a minha neta se divertindo. A Fundação está de parabéns!”, avaliou a funcionária do setor da lavanderia, enquanto cuidava da neta que se divertia na piscina de bolinhas. “Estou gostando muito”, dizia a neta enquanto brincava.

Comemoração na Pediatria – Mas engana-se quem pensa que apenas os filhos dos funcionários tiveram esse momento de diversão. Nos dias que antecederam ao 12 de outubro, a equipe clínica que atua na ala pediátrica preparou uma programação especial para os pacientes, recheada com muitos presentes, personagens infantis, pipoca e bolo.

Acompanhando o pequeno Samuel, internado por conta de pressão alta e de uma infecção, a dona de casa, Dulciane Santos, aprovou a iniciativa. “Eu gostei muito porque tira as crianças um pouco do quarto, onde elas passam a maior parte do tempo para distrair um pouquinho a mente delas e se divertirem. É diferente”, assegurou.

E Samuel se divertiu tanto que não queria nem voltar para o quarto, apenas ficar curtindo a ação feita pelo hospital na Brinquedoteca. Ao lado da mãe e do novo brinquedo, o menino, mesmo com sua timidez, era só felicidade. “Eu gostei do carrinho, de tudo”, contou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close